Entre a lente e a retina, o cinema

13/03/2007

Recebi hoje um e-mail sobre o II Festival Cinema & Cidade – Porto Alegre entre a lente e a retina, que vai ser nos dias 25 de março, 1º, 15 e 29 de abril, ali no StudioClio. Engraçado que eu postei há poucos dias o texto ali embaixo sobre a pesquisa do Seminário de Cultura e Comunicação, e mais umas coisinhas que fui lembrando sobre esse assunto, e novamente volto aqui pra falar algo relacionado a espaços urbanos.

Essa segunda edição do Cinema & Cidade (a primeira foi no ano passado) explora em curta-metragens a identificação das pessoas com as áreas da cidade, os lugares, e o cotidiano de uma metrópole. No centros urbanos, cada esquina tem uma história pra contar. Contrapondo a produção de cineastas – experientes ou iniciantes – aqui de Porto Alegre, também serão exibidos esse ano filmes rodados em São Paulo e Minas Gerais. A curadoria do festival é da arquiteta Jeniffer Cuty.

Todas as sessões serão aos domingos, das 17h às 19h30min, no StudioClio (Av. José do Patrocínio, 698).

———————————————————————–>  Programação

* * *

O filme Science of Sleep, do Michel Gondry, estréia esse ano. Tem Gael García Bernal e Charlotte Gainsbourg interpretando os personagens principais. Seguindo a linha de Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, o diretor extrapola, sai da realidade e parte pro surrealismo. No filme, Gael faz o papel de um um cientista que domina a técnica de viver os seus sonhos de forma lúcida. Ele faz isso pra tentar trazer a namorada dos sonhos pra realidade dele, só que algo dá errado e ele acaba ficando preso entre dois mundos. Lembra exatamente Brilho Eterno, mas Science of Sleep me parece ainda mais cativante. Achei a página do filme e passei um tempão viajando nela, bem deslumbrada. Tem fantoches, carros feitos de papel, nuves movimentadas pelo cursor do mouse… fora a trilha, que já tem no myspace.

 * * *

Charlotte Gainsbourg é filha da cantora Jane Birkin e do cantor e escritor Serge Gainsbourg (Mauren, me lembrei de ti!). A atriz (e cantora) acabou de lançar o álbum 5 55. Olha que bonitinho. Segundo Charlotte, o disco leva esse nome porque 5h55 “é a hora mágica em que os sonhos surgem”.

PS.: Do jeito que minhas horas de sono estão bagunçadas, ando perdendo sonhos demais…

Anúncios

4 Respostas to “Entre a lente e a retina, o cinema”

  1. mau Says:

    smacks!
    te amo.


  2. Cada coisa legal que acontece em Porto Alegre. Eu quero ver esse tal Science of Sleep, já li sobre ele antes.

    Abraço, Simon.

  3. maria Says:

    e eu espero por esse
    espero e espero
    e ele vem?
    nunca.
    uh coisa triste esse pais.

  4. Cris Says:

    Olha, a previsão de estréia aqui e pro primeiro semestre do ano. Mas demora, né?!

    eu também to muito a fim de ver…

    Beijos pros três! :)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: