01/05/2007


[Joe Sorren]

a mãe germinava a cria
a coisa, filhote de traste, botão
cicatriz da noite cachaça

ventre que cresce, estoura
deu comida, vai dormir,
cala a tua boca, moleque

já nem chorar permitia
então miava pelos cantos
nasceu gente grande,

geniozinho envelhecido
com siso, pecado e amor de pele
tamanha foi a amargura
de sair de onde não queria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: