Dupla

06/06/2007

Disse-me que ainda existia outra igual, e eu ri. Existe?

Contou que não a conhecia, mas sabia que ela existia e que andava por aí enganando quem se confundia com a fisionomia gêmea das duas. Disse que também sentiam igual, e que um dia ela havia acordado com uma ânsia de choro, sem ter motivo para isso. Mas chorou, sabendo que talvez fosse a vontade da outra. Ao escrever, pensava que talvez tudo já estivesse escrito e sabia sempre o final das histórias. Quando se apaixonou, sentiu um inexplicável ciúme.

Mas em uma manhã, ao sair apressada de casa, desviou instintivamente de uma lajota solta que sempre acumulava água embaixo. Alguns dias antes, a outra se molhou.

Anúncios

3 Respostas to “Dupla”


  1. *.*
    quem sabe preto-e-branco.

  2. gabriel Says:

    muito legais os três escritos….mas essa última..ficou com jeito de ainda ter algo a contar parece que a história ainda não terminou…haverá outro capitulo? To brincando…o que eu confesso é que passar por aqui é sempre uma “rotina” interessante, são escritos não muito comuns e dificeis de se encontrar por isso quando encontramos…ficamos fãs…muito legal..isso. saudações

  3. Alemoon Says:

    ADOREI…

    Se outro dia te encontrar, conversaremos mais. Espero!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: