Meus vizinhos

04/08/2007

Em verdade, não os conheço. Sei que o casal que mora no apartamento do lado está esperando a chegada do primeiro filho. Descobri no sétimo mês de gravidez dela, quando a encontrei no elevador. Parecem ser queridos e bastante calmos, não reclamam do barulho aqui do meu apartamento, fazem pipoca em dias chuvosos. Descobri que ela estava grávida há dois meses, e que o filho chegaria em agosto. Depois disso, nunca mais vi eles. Escuto o barulho da fechadura sendo destrancada, da porta abrindo, dos passos no corredor logo cedo, mas nunca mais vi ninguém. Engraçado que a sensação que eu tenho todo dia quando acordo é: será que já nasceu? Fico curiosa, à espera da novidade, por mais que eu saiba que não tem nada a ver comigo. Acabo me lembrando de quando eu era novinha e meu avô foi me buscar no colégio 5 minutos depois de ter me deixado lá, porque minha mãe havia chegado do hospital com o maninho. E eu morta de curiosidade. Até lá só conhecia irmã mais velha. E agora eu seria a irmã mais velha do maninho.

Nem vou bater naquela tecla de “não conhecemos mais nossos próprios vizinhos”. Não é por individualismo que isso acontece, nem por gosto. É corrido mesmo. Todo mundo trabalha, todo mundo tem o que fazer e não tem culpa de não ter os mesmos horários. Nem minha irmã vejo mais em casa. Estou morando sozinha. Ela me liga perguntando quando podemos marcar um filminho ou me deixa mensagens de saudade.

Sei que a outra vizinha, que mora no apartamento à esquerda, tem bom gosto musical e conhece bastante de MPB. Tem um armário lindo, de madeira envelhecida na sala. E é tudo. Ah, ela é loira. Nunca reparei na cor dos olhos. Agora sim, é tudo. No apartamento que fica de frente para a minha janela da sala mora um rapaz novo e que torceu para o Boca na final da Libertadores. Sei que ele é quem é porque um dia a zeladora ficou com a chave do apartamento dele para fazer limpeza e, na hora de deixar a chave na caixa de correio dele, se enganou e deixou na minha. O guri bateu aqui em casa às 3 da manhã perguntando se eu sabia de alguma chave. Bem que eu tinha visto uma chave estranha do lado do computador. Devia ser da Sara… Não. A Marlei, zeladora do prédio, pediu mil desculpas por me acordar. Não, bem capaz, eu tava acordada.

Outros vizinhos… A velhinha que mora no andar debaixo perdeu uma irmã há pouco tempo e já entrei no apartamento dela. É tri apertado e ela tem de tudo lá dentro. De tudo mesmo, incrível. A vizinha de cima é a síndica. Ela se veste de uma forma legal e tem cabelos vermelhos. Tem um poodle que eu sei que ela guarda na gaveta do armário dela, ao lado da escrivaninha, enquanto trabalha. A zeladora que me contou. Antes eu lembro que sempre encontrava um guri que fez cursinho comigo. Nunca mais vi também. No oitavo andar mora um cara que eu conheço porque temos amigos em comum. Ele tem miopia, é bem inteligente e tem jeito de fascista presunçoso, mas deve ser uma dessas pessoas que se fazem de arrogantes, mas no fundo são legais. Pelo menos parece.

Queria saber se já nasceu. Vai ser a segunda criança do prédio todo.

Anúncios

7 Respostas to “Meus vizinhos”

  1. allan Says:

    belo..

  2. Rafael Terra Says:

    Bah, essas histórias de vizinhos são divertidas….Mas o teu texto não ficou só divertido, ficou com um tom poético na medida…..Adoro ler vc guria!
    Abraço.

  3. clara Says:

    Guria, tu tens talento, mas alguns de meus vizinhos nem com poesia ficariam tão simpáticos como os teus…

    bjocas

    P.S. E aquele nosso papo?Qnd vai acontecer?!?!

  4. San Says:

    meus vizinhos
    são vinhos
    bem guardados
    envelhendo

  5. San Says:

    ops
    envelhecendo!

  6. ma Says:

    Belo como uma taça de sorvete no final dum dia …


  7. o que dizer? Já passei pelo melhor e pelo pior de ter vizinhos. Atualmente esbarro com um ou outro. Trocamos as amabilidades habituais e só. Como sou chegado em uma confraternização isso me exaspera.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: