Magic, Magic Position

17/02/2008

O Rafa me disse que eu precisava ouvir Patrick Wolf, porque eu ia gostar. Mais preciso, impossível. Comecei baixando The Magic Position, terceiro álbum, lançado em 2007. Espanta-me. Uma hora Patrick Wolf vem com piano, outra com violino, chama sons sintéticos, traz violoncelo e inventa. A sensação foi a mesma de quando ouvi Andrew Bird ou Sufjan Stevens (Come on fell the Illinoise!!) pela primeira vez, porém coloque um laptop na história e veja a diferença sonora resultante. Parece-me algo bem superior à técnica. Precisa ter muito talento, ainda mais tendo 24 anos de idade.

Em 2005, Wolf lançou Wind in the Wires, que apareceu entre os melhores álbuns lançados no ano. Ele escreveu todas as músicas, produziu e tocou quase todos os instrumentos, desde a viola até o ukulele – que é uma adaptação do cavaquinho – passando pelo baixo, piano, por sintetizadores e programações. Lycantrophy, o primeiro álbum, de 2004, mostra sons mais eufóricos (lembrar que em 2004 o cantor/compositor/multiinstrumentalista tinha apenas 20 anos. Saindo da adolescência…). No segundo álbum essa euforia já é menos visível e tem até algo de folk (daí as comparações com Bright Eyes). No terceiro álbum veio o equilíbrio. Tá perfeito. Achei algo que lembra Antony and The Johnsons na música Enchanted, mas também tem influências de Joni Mitchell. Dá pra entender a loucura disso? Já entrou pra lista dos mais ouvidos da semana.

“It’s you
Who puts me in the magic position, darling now
You’ve put me in the magic position
To live, to learn, to love in the major key”

Anúncios

4 Respostas to “Magic, Magic Position”

  1. FêCris Says:

    wow!

    como tu escreve bem, hein, mulher?!

    dá saudade dos meus tempos de “jornalista” hehehehehe

    o wolf é foda… analu que me apresentou e eu gostei na hora. :)

  2. Vica Says:

    Não gostei muito do Sufjan, mas fiquei curiosa. Vou catar. Eu tenho escutado muito Sara Bareilles e Rachael Yamagata, talvez tu goste. E Santessa.

  3. Cris Says:

    Fê, mas tu não é mais jornalista, oras?! hahaha

    Beeijo!

    Vica, da Sara eu ouvi só uma música, no site dela, mas não cheguei a ouvir outras. Vou procurar. Vi que tu tava ouvindo direto outro dia. A Rachael, eu adoro. Conheci na metade do ano passado por “Be, be your Love”, se não me engano = )
    Hmmm, Santessa… Não conheço também.

  4. Rafael Terra Says:

    Eu sabia!!! Eu sabia!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: