Dante

28/04/2008

Chegou e acenou de longe ao diabo. O lazarento nem era tão feio quanto descreviam. Vermelho, muito menos. O tridente já descascava na decadência. Virado em ossos, descarnado, o bicho acenou de volta e seguiu em frente.

Para mim, era só mais um dia de trabalho aos renegados.

Se ao menos uma alma desvairada dali merecesse perdão, mas não. Ali ninguém merece perdão. Eu dava-lhes uma oportunidade única de voltar à terra da misericórdia. E a cada chance oferecida recebia uma recusa pronta. A libertinagem e a alegria descomprometida do inferno sempre foram mais atrativas àqueles que as provaram.

O diabo aproximou-se do cristão, sentou-se ao seu lado e com voz rouca puxou papo:

É melhor reinar no inferno do que servir no paraíso, meu bom homem. Pensou na minha proposta?

Tinha ali atendimento psicológico?

Não. Mas e no inferno por acaso agora se oferece atendimento psicológico? Estás louco? Ser petulante. Minha terra é de ninguém, e por isso mesmo é minha. Nela se faz o que quer sem contar nem medir. Solidão aqui não existe. Não se vive sozinho no inferno. Isso é coisa daqueles que muito pensam e pouco fazem. Odeio existencialistas. Acham que sabem tudo. Apronta tuas palavras e dá-me tua alma de bom grado. Meu tempo é curto.

Sem sarcasmos, que não estou aqui a passeio, Lucifer.

Insistente na tarefa, o sujeito levanta-se, sem dar ouvidos à criatura que lhe cobra resposta e segue virtuoso. De tempos em tempos, ainda pisa em terras carrancudas para tentar resgatar as almas que ali se perdem pelo caminho.

Anúncios

10 Respostas to “Dante”

  1. Ricardo Says:

    As vezes acho q to no céu, as vezes no inferno…
    mas por ora, purgatório!

  2. Vica Says:

    Muito bom, adorei!!

  3. ma Says:

    Pra ver como anjos não podem nem piscar mesmo…

  4. Rita Loureiro Says:

    Como vai?

    : )

  5. Samara Says:

    Que legal Cris!!
    adorei
    ;*

  6. Cris Says:

    Rita
    visita ilustre. tempão que não te vejo. Por aqui, um vazio de atividades blogueiras, mas dias preenchidos fora da internet. andas assim também, percebi : )
    Eu vou bem. E tu?
    Bjo!

    Samara, Vica, Ricardo e Maaaaaarlene!
    beijo!
    : )

  7. natusch Says:

    Também gostei :)

  8. gabriel Says:

    muito legal…parece um pouco Ariano Suassuna…um pouco..e parecer com Ariano é sempre um excelente rumo para um texto.
    Tava com saudades de passar aqui..saudades mesmo… mas e ai fica a pergunta reinar no inferno ou servir no céu…não sei…reinar ou servir…ceu e inferno…são coisas que não gosto muito de pensar…
    mas de uma coisa tenho certeza…por aqui sempre passarei…sempre..(hehehehe0
    saudações sinceras e saudosas pra ti…

  9. matheus Says:

    qnt tempo hein guria….não to mais tendo tanto tempo qnt antes pra vir aqui mas sempre que tenho uma brechinha, pode ter certeza que venho…faz um tempo que ando querendo ler A Divina Comédia mas Tolkien me tira daqui….
    beijos

  10. Cris Says:

    Natusch!
    = )

    Gabriel, sinceras saudações : )
    Parece que estiveste viajando. O que contas?
    Beijos

    Matheus
    Longo tempo. Ahhm, eu ando relapsa com o blog e por entrar pouco acabo navegando pouco em outros blogs também. Sabe que Tolkien nunca me prendeu muito? Mas é uma característica minha, não curtir tanto mesmo. Minha irmã leu bastante. Eu sou mais uma Divina Comédia, um assombrozinho ou algo oculstista mesmo= P
    Beijocas!
    E vem sempre, sim!
    : )


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: