Archive for the 'Minha casa' Category

Fotografias e Mistério no Bosque, mas não necessariamente ao mesmo tempo*

12/02/2009

*a cacofonia nasalizadora é permitida. Tenho licença poética.

Como eu escrevi no post anterior, o arquivo em que estavam as fotos da casa da Lenara e do Romanoff corrompeu. Ele me mandou tudo novamente logo no dia seguinte ao post (segunda-feira, acho). A Lenara ainda me deixou um comentário todo fofo com o link de onde ela armazena as fotos.

A estante do quarto é bem grandona. Sério, cabe um monte de coisas:

leao-querido1

A sala, assim, com luz fraquinha, fica com cara de inverno. Bem europeu... Tem um gatinho verde ali na estante :)

gatinho-querido-11

A fachada:

fachada-da-casa-querida

Bah, e o bosque (!), bem pertinho da casa, pelo que eu entendi :)

bosque-perto-da-casa-querida

* * *

*Já que falamos nisso ou “cuide em que bosque você pisa”: no primeiro filme de terror a que eu assisti, lá pelos 7… 8 anos de idade, não lembro bem,  as cenas mais “fortes” aconteciam em um bosque, então eu fiquei com a sensação de que todos os bosques têm algo de expressivo, para não dizer tenso, além das folhas secas. O filme, por sinal, também foi o primeiro terror produzido pela Disney. Chama-se Mistério no Bosque/Olhos na Floresta (The Watcher in the Woods) e tem a Bette Davis no elenco.

Como a Disney é uma companhia mais voltada para o público infantil, os sustos são leves, naturalmente, e nem dão muito medo (hoje, porque na época eu fiquei apavorada). Os efeitos especiais estão até meio defasados, já que o filme é de 1980. Acabou virando cult. No Boca do Inferno também tem alguma coisa sobre ele.

poster_misterio_bosque1

Anúncios

O que dizem as paredes

09/02/2009

Eu tinha programado postar aqui algumas fotos da casa em que o Romanoff e a Lenara estão morando, em Frankfurt. Achei de muito bom gosto. Ele mandou várias apresentando o lar deles para os amigos daqui. Bem legal. A entrada é daquelas de casinha antiga, aconchegante, com bastante verde, se não me engano. A ideia era postar as fotos e comentar algumas coisas que achei bacana na decoração, só que o arquivo em que estavam salvas corrompeu, e eu perdi tudo. Ou seja, Ricardo, me manda tudo de novo, please? Enquanto ele não manda as fotos novamente, eu vou falando sobre isso igual (se eu deixar para postar depois, as minhas ideias fogem).

Uma das coisas legais que ele comentou é que existe um dia da semana em que as pessoas colocam para a rua objetos e móveis  que não querem mais. Claro que algumas coisas vão para a rua porque estragaram, ou porque estão velhas demais e tal. Mas isso também não é uma loteria. Alguns objetos  estão em bom estado e podem tranquilamente servir na decoração de outra casa:

Romanoff diz:
uma vez vimos um conjunto de copos com uma jarra que eram bem legais
Romanoff diz:
ficamos de pegar na volta do correio
Romanoff diz:
mas 5min depois não estava mais lá
Romanoff diz:
:/

As luminárias eles conseguiram pegar, e só trocaram os cabos e as lâmpadas. Ficaram tri bonitas na casa. Queria eu ter as fotos pra mostrar pra vocês.

Aqui em Porto Alegre, o meu clima é esse, de reorganização. Decoração, na verdade. A minha irmã foi oficialmente morar com o namorado (mãe, tu sabia disso?) e o apartamento ficou só para mim. Ela ainda não levou a cama dela, nem tirou todas as roupas e objetos dela daqui. Isso vai acontecer aos poucos, mas aos poucos eu também vou decorando tudo ao meu gosto. Ontem ela levou a cadeira aqui da escrivaninha, então agora eu preciso procurar uma legal para mim. O tapete do quarto também vai daqui a alguns dias, e o banquinho do banheiro também já foi.

sugar

Da Supermarket

Eu sempre gostei da ideia (é a terceira vez que eu escrevo idéia e tenho que voltar e retirar o acento) de morar sozinha. Quando ainda morava com meus pais, sempre imaginei que um dia moraria em um loft. Acho que as divisórias nos ambientes quebram um pouco da liberdade que um lar pode proporcionar a quem mora sozinho. Eu me sinto um pouco mais presa tendo que dividir meu espaço com paredes. Como não posso me desfazer delas, vou decorando, enchendo de ilustrações, fotos, deixando tudo mais pessoal.

Eu tenho paixão por imagens, cores e formas. Essas ilustrações que saem em calendários criativos e revistas de cultura bem diagramadas simplesmente me ganham. Acabo recortando tudo, colando em caixas, colorindo a casa. Hoje o alvo foi a tomada da cozinha. Exercício para praticar a coordenação motora: recorta, mede, cola, repara… Funcionou, e ficou bem legal! A da sala já estava ilustrada. Ainda tenho mais uma na cozinha, uma no quarto, e uma no corredor para decorar. Mas agora, só quando tiver paciência para continuar o trabalho.

colheres-para-salada

Da Rosamundo

Para a sala, ainda falta comprar almofadas coloridas (as que estão aqui estão um caco!), trocar (ou mandar arrumar, né) a cadeira tri boa de sentar que quebrou, e agora serve só para decorar, comprar a cadeira para a escrivaninha… Eu queria também ter um baú. Não desisto dessa idéia. Adoro baús. Acho tão provinciano. Dá um ar nostálgico para a casa. Agora não tem espaço, mas quando a Sara levar a cama dela, terei mais espaço no quarto.

inside-a-black-apple

Do Inside a Black Apple

Outra, preciso de uma caixa organizadora de bijuterias. Mas de UMA só mesmo. UMA que possa armazenar tudo. Agora eu tenho um monte de caixinhas e isso toma espaço demais. Se alguém souber se existe algum tipo de “porta-pulseiras”, me avisa. Eu tinha pensado em algo que funcionasse como um cabide, sabe, onde eu pudesse ir encaixando os braceletes e tal… Enfim, coisas para organizar aqui dentro não faltarão. E eu estou adorando a oportunidade de poder decorar tudo sozinha. Também tinha pensado em luminárias para a sala e o quarto. Elas deixam o ambiente tão mais confortável, principalmente no inverno. Ah, sim, e também quero almofadas grandes para o canto da sala. Ainda me faltam copos, acreditam? Eu adoro xícaras, e por isso tenho uma coleção delas, só que me esqueço de comprar copos. Só me lembro que preciso deles quando realmente preciso de um. A cozinha também precisa de tapetes…

Aos poucos eu vou mudando tudo, e de repente até coloco umas fotos aqui pra mostrar como ficou. Ah, e depois que o Romanoff me mandar novamente as fotos da casa dele, eu coloco aqui pra mostrar as luminárias de que falei antes :)

Em reformas

19/07/2008

E só pra avisar… Estamos em obras. Andei cortando links, testando templates e outras cositas. Provavelmente o blog está cheio de textos desalinhados, fontes em tamanhos diferentes e outras coisas que não vi ainda. É só desviar. Daqui a pouco tudo volta ao normal.

Pra 27 não passar em branco

28/09/2007


Já devo ter falado isso, mas eu ADORO esse lugar.

Também tá de encher os olhos a oitava edição da Idéia Fixa. O tema é SELF-PORTRAIT. Tem uma minientrevista com o André Dahmer, do Malvados, e outros tantos trabalhos legais.

Ahm. E ontem o Usina fez dois anos. Nem foi por ser desnaturada que me esqueci do aniversário. O clichê tá valendo, e eu realmente não tive tempo de passar por aqui antes. Maaaaas, como eu ainda não dormi, ainda é 27/09, certo?

Por que você bloga?

17/09/2007

Quem pergunta é a Sandra. Bah, blogo por tantas razões. É meu hábito mais saudável, depois da aversão a refrigerantes, acredito.

Cansei de ouvir professores da faculdade dizendo que ter um blog ajudava a desenvolver a velocidade do pensamento, a atenção no dia-a-dia, a criticidade e um jeito próprio de escrever. Comprovei tudo isso. Se eu largar o blog, enferrujo. Também já cansei de levantar da cama de madrugada com meus dedos impacientes porque uma idéia não saía da cabeça e se eu não escrevesse, ela ia embora. Blogo porque aqui conheço pessoas de lugares diferentes (reais e virtuais), aqui vejo idéias diferentes e proponho as minhas idéias. Concorda quem quiser, discorda também quem preferir, e essa discussão toda abre a cabeça. A blogosfera é uma multidão querendo conversar. Já morri de vontade de transformar os comentários que alguns deixaram aqui em novos posts, porque tantas vezes são melhores do que os próprios posts, ou os complementam, ou deixariam tão mais belo o lugar se estivessem mais visíveis. É isso. Blogo por hábito, por prazer, por lazer.

Criei um blog bem no escuro em 2005 com o intuito de escrever mais. Sempre gostei de escrever, mas morria de vergonha dos meus textos. “Crisinha tu tá numa faculdade de jornalismo e tem vergonha/medo de escrever??” Era meu bloqueio. Sentava na frente do micro e ficava horas enrolando até escrever algo, quando não desistia. O primeiro blog chamava-se Palavrasemordem, e era hospedado no blogspot. Morreu cedo. Mal começou, pra ser mais exata. Por falta de vontade, timidez, sei lá o quê. Falta de vontade mesmo. Recomecei alguns meses depois e dessa vez a coisa foi diferente. As idéias também eram diferentes. O segundo era também no blogspot, e tinha o mesmo layout do primeiro. Tinha a terminação “do Caos” no título. Usina do Caos. Um ano e pouco depois, já com um sentimento de dever não cumprido se passasse mais de três dias sem blogar, comecei a achar o layout no blogspot feinho e estático demais. Era preto, sei lá. Não que preto seja feio, mas a idéia era mudar tudo. Eu gosto de imagens, de cores, e isso faltava lá. Então o Cleber me falou do WordPress e vim futricar pra ver como era. Os poucos fui trazendo a mudança pra cá. E o “do Caos” já estava juvenil e afetadinho demais pra continuar no título, além de não combinar com o conteúdo. Agora eu tenho uma Usina, e ela funciona melhor do que eu imaginava.

Contrariando o propósito dos memes, não vou repassar a pergunta pra nenhum blogueiro definido, e sim deixar o convite do título pra quem quiser responder. Ah, mas me deixem os caminhos das respostas! Quero lê-las.

: )

17/09/2007

Começando etapa de mudanças por aqui (já enjoei do que vejo todo dia). E por que mesmo existe a categoria “Sinapses” na minha lista?

28/06/2007

“a coisa mais certa nas horas incertas”

vou começar a postar os caminhos que as pessoas fazem até cairem aqui no Usina… Tem umas coisas engraçadas.

ó:

“objetivo especifico de xampu de camomila” (caiu no post Cantarola Camomila)
“Pode ser que eu não fique no Brasil” –
“em cartaz no cinema as pontinhas” (???)
“usinas broken” (??)
“versos bonitos para msn” (tem quem queira parecer criativo… haja google.)
“sobre namorados virtuais de mentira que…” (hm)
“preciso de uma resenha sobre o filme…”
“jornal o globo dia 10 de junho de 2oo7 ” (informa)
“colorir bichinhos de jardim”

Digestivo

04/03/2007

Já que to inaugurando o blog, vou me exibir um pouquinho. Enquanto eu tirava férias, o Usina foi lincado no Digestivo Cultural. Lá no dia 20 de fevereiro. Só fui ver quando voltei de viagem.

:)